Direção:
Presidente: Tiago Fernandes
Vice-Presidente: João Tavares
Secretário: Paulo Tavares
Tesoureiro: Carlos Silva
Vogal: Rita Figueiredo

Mesa da Assembleia Geral:
Presidente: Professor Doutor Joaquim Borges Gouveia
Vice-Presidente: INACEINOX, representada por Jorge Paiva
Secretário: Rogério Batista

Conselho Fiscal:
Presidente: Rui Leite
Vogal: JPM, representada por João Ferreira
Vogal: ARSOPI, representada por José Soares

 

Conselho Superior:

O Conselho Superior é um órgão de supervisão e jurisdição da Rede Scientiae, competindo-lhe:

a. Garantir o bom funcionamento da Associação, preservando os valores iniciais que a constituíram possuindo este o poder de vetar todas as propostas que alterem a essência da Associação;

b. Supervisionar todas as atividades da Associação, ajudando sempre que tal for necessário;

c. Defender os interesses da associação;

d. Promulgar o Orçamento Anual da Direcção;

e. Nomear novos membros para o Conselho Superior por via de eleição feita pelos membros do Conselho mediante votação secreta e por maioria absoluta;

f. Aprovar a entrada de novos membros na Associação;

g. Expulsar ou aplicar penas a membros que violem os princípios basilares da Associação;

h. Promulgar protocolos, contractos, eventos e conferências entre outras actividades ou questões de funcionamento interno consideradas de alto-relevo tendo poder de veto, uma vez, devendo a proposta ser reformulada ou retirada. Poderá ainda ser enviada a questão para a Assembleia Geral que analisará e votará a proposta devendo o Conselho Superior a acatar com o estipulado pela Assembleia Geral;

i. Propor e Nomear Membros Honorários;

j. Apreciar os recursos/queixas dos sócios que se considerem lesados nos seus direitos.

 

Conselho Fiscal:

O Conselho Fiscal, a par do Conselho Superior, é um dos órgãos de fiscalização da Rede Scientiae competindo-lhe, entre outros, as seguintes funções:

a. Divulgar adequadamente as suas deliberações;

b. Emitir parecer sobre o Relatório Anual e Contas da Direcção e apresenta‐lo à Mesa da Assembleia Geral até quatro semanas após a entrada em funções da Mesa e ao Conselho Superior;

c. Emitir parecer sobre o Relatório Anual e Contas das Secções/Divisões/Áreas;

d. Requerer a convocação da Assembleia Geral;

e. Aprovar o Plano Anual de Quotizações.

 

Direcção:

A Direcção é o órgão máximo executivo da Rede Scientiae, assegurando a sua gestão corrente. Compete-lhe, entre muitas outras funções:

a. Cumprir e fazer cumprir os estatutos da Rede Scientiae;

b. Elaborar o seu plano de actividades e aprovar o plano orçamental;

c. Executar as deliberações da Assembleia Geral;

d. Divulgar adequadamente as suas deliberações;

e. Assegurar o funcionamento permanente da Rede Scientiae;

f. Representar a Rede Scientiae, eventualmente através de seus delegados;

g. Requerer a convocação da Assembleia Geral;

h. Admitir e despedir funcionários, fixar os seus vencimentos, regulamentar os seus serviços e fiscaliza-los.

i. Estabelecer o plano anual de quotização e remete-lo ao Conselho Fiscal para aprovação e ao Conselho Superior para promulgação.

j. Assegurar o cumprimento dos direitos dos sócios honorários;

l. Pugnar pelo bom nome e símbolo da Rede Scientiae;

m. Exercer as demais competências previstas nos estatutos.

 

Assembleia Geral:

A Assembleia Geral é o órgão deliberativo máximo da Rede Scientiae, sendo composta por todos os sócios efectivos no pleno gozo dos seus direitos associativos. Pode discutir e deliberar sobre todos os assuntos relacionados com a Rede Scientiae.